Saltar para o conteúdo

005 – Therezópolis Rubine

Já está ficando difícil escolher uma cerveja de um tipo diferente, não por falta de opções, mas pelo excesso delas. Meu estoque pessoal está grande e variado: Imperial Stout, IPA, Red Ale, Porter e Witbier, isso porque, por enquanto, não pensei em repetir um estilo de cerveja. Essa semana, resolvi provar uma cerveja Bock.

Descrição da Cerveja

"Cerveja de baixa fermentação e maturação prolongada, corpo denso e creme persistente, seu aroma traz notas de ameixa preta, café e toffee. No entanto, no retrogosto o amargor do lúpulo equilibra o dulçor do malte".

"É uma autêntica Bock, de cor vermelho intenso, composta por maltes tostados do tipo Munich e Carared, equilibrados pelo leve amargor do lúpulo e pela leveza da água mineral das montanhas".

Fabricante: Cervejaria Sankt Gallen
Estilo: Tradicional Bock
Ingredientes:
 Água, malte, lúpulo e açúcar mascavo
Temperatura Ideal: 5 ºC
Álcool (%): 6,5%
Tamanho: 600 ml
IBU: 20 (Amargor)
Copo ideal: Lager

"Sua densidade pede os sabores das carnes de carneiro, coelho ou avestruz, massas com molho semi-picantes, peixes como hadoque ou salmão, hummus tahine, pretzel, mas também é perfeita para a degustação de nozes".

Degustação da Therezópolis Rubine



"Muito gostosa! Até que enfim.", foi assim que Dona Encrenca definiu essa cerveja. Quero dizer, foi assim que meu amor definiu essa cerveja.
Vou ser sincero, com uma cerveja dessa, até eu faço jejum de 40 dias (meta para a próxima Quaresma). Amargor e dulçor na medida certa. Harmonizei a cerveja com uma tábua de queijos maturados.
O que melhor definiria essa cerveja é: um conhaque com mel, com menos álcool e com mais sabor.
Essa com certeza é uma cerveja que você tem que provar. Mais que recomendo.

1 comentário em “005 – Therezópolis Rubine

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: