Saltar para o conteúdo

1

Estou sempre em busca de algumas barganhas, e não poderia deixar de comprar uma cerveja especial que custava menos de 10 reais... A cerveja de hoje, apesar de ser uma Pilsen, tem adição de semente de guaraná e utiliza lúpulos Cascade e Centennial em um dry hop.

Descrição da Cerveja

"Esta cerveja artesanal tem adição de guaraná natural e apresenta cor dourada alaranjada, aroma floral intenso e sabor do guaraná usado na receita. Passa por Dry Hopping, processo onde a cerveja é guiada por pressão através de lúpulos aromáticos, que conferem um buquê de aromas intensos e frescos. Cerveja muito refrescante!”.

Fabricante: Opa Bier - Receita do Mestre Cervejeiro Leonardo Botto
Estilo: Pilsen
Ingredientes: Água, malte, lúpulo, levedura e extrato de guaraná
Temperatura Ideal: 0 - 4 ºC
Álcool (%): 5,5%
Tamanho: 600 ml
Preço: R$ 9,99 (Pão de Açúcar - Shopping da Bahia)
Copo Ideal: Tulipa, Pilsener

"Receita exclusiva e premiada, tras a especial levedura de Weihenstephan, maltes e lúpulos bávaros e norte americanos".

Degustação da Göttlich Divina Pilsen

Gottlich Divina Pilsen
Gottlich Divina Pilsen

Não era uma cerveja da qual eu esperava muito, afinal não gosto dessas adições de especiarias de forma indiscriminada e não acho que guaraná tenha alguma coisa a ver com a cerveja... Mas vamos a degustação: na aparência essa cerveja não agradou, o rótulo é confuso, até hoje não sei direito quem é o fabricante, e no copo não tem nada de diferente de outras cervejas Pilsen. É perceptível o aroma intenso dos lúpulos Cascade e Centennial. O sabor, para minha surpresa, não apresentou o gosto do guaraná, só achei a cerveja mais seca e amarga do que o necessário para o estilo. Na minha avaliação essa cerveja não é uma Pilsen. Ela não é ruim se você gosta de cervejas mais lupuladas... Pelo preço que eu comprei vale a pena experimentar, agora se estiver com o preço elevado, dispense.

 

Já fazia um bom tempo que não provava uma cerveja do estilo Bock, não porque eu não queria e sim por falta de opções aqui na minha cidade. A última que tinha apreciado foi a Bock da Bierland, uma excelente cerveja que ainda quero repetir e escrever aqui.

Descrição da Cerveja

"A Cerveja Bock Opa Bier Artesanal é relativamente forte, encorpada e moderadamente lupulada. De tonalidade que varia do âmbar ao marrom, seu aroma maltado equilibra perfeitamente com as notas de caramelo".

Fabricante: Opa Bier
Estilo: Bock
Ingredientes: Água, malte, lúpulo e levedura
Temperatura Ideal: 5 - 10 ºC
Álcool (%): 7,0%
Tamanho: 600 ml
IBU: 36 (Amargor)
Preço: R$ 22,00 (Shopping Passeo)

"O sabor forte e encorpado da cerveja Bock – além da sua cor escura e avermelhada – é ideal para harmonizar com uma bela feijoada por causa da combinação com a carne de porco. Carnes mais gordurosas também vão muito bem com uma Opa Bock, que possui teor alcoólico alto. Cerveja ideal para beber no inverno".

Degustação da Opa Bier Bock 

Opa Bier Bock
Opa Bier Bock

Quanto à apresentação já adianto que não gostei muito do rótulo dessa cerveja, não vou mentir a vocês, só comprei porque que Dona Encrenca aprecia muito esse estilo e eu sempre tento agrada-la. No copo a cerveja se mostrou como uma boa Bock, cor e formação de espuma estavam dentro do esperado. Fiquei assustado com o aroma, pois era bastante caramelado e provei imaginando que o sabor seria desequilibrado para o doce. Para minha surpresa o sabor estava fantástico! Achei um pouco mais caramelada do que outras Bocks e com o gosto mais adocicado mas sem atrapalhar a harmonia. Entrou fácil para a lista das melhores Bocks que tomei. Super recomendo.

Sempre que uma grande e "diabólica cervejaria de marca" compra uma "indefesa cervejaria artesanal", nós, os amantes de cervejas pensamos a mesma coisa: a qualidade vai cair. Mas nem sempre isso acontece (ainda bem!), e algumas cervejarias artesanais foram compradas e a qualidade não caiu. Posso citar alguns exemplos como as Cervejarias Walls, Colorado, Baden Baden e é claro, a Eisenbahn.

O estilo da cerveja de hoje é a Pilsen, o mais "comum" e barato das cervejas da Eisenbahn.
Descrição da cerveja

"A Eisenbahn Pilsen, por ser puro malte, tem características um pouco distintas das Pilsens comuns. Sua coloração é dourada, e notam-se os aromas de malte e lúpulo. Uma cerveja muito saborosa e com bom equilíbrio entre o amargor e o doce".

Fabricante: Brasil Kirin
Estilo: Pilsen
Ingredientes: Água, malte, lúpulo e levedura
Temperatura Ideal: 3 - 4 °C
Álcool (%): 4,8%
Tamanho: 355 ml
Preço: R$ 3,35 (Extra)

Copo Ideal: Pokal

"Amendoim, batata frita, castanha de caju, hamburguer, queijo frescal, minas, cheddar, salada de folhas, ceasar salad, frango assado e frito, linguiça de frango, pizza, lombo de porco, camarão frito, caranguejo, peixe frito".

Degustação da Eisenbahn Pilsen
Eisenbahn Pilsen

Essa cerveja tem um bom aspecto, e não é “transparente” como as cervejas comuns. Possui um aroma de malte bem leve, e eu não consegui encontrar nenhum aroma de lúpulo. Ela tem bastante corpo para uma cerveja desse estilo e um sabor levemente adocicado (sem ser enjoativo). Não é uma cerveja "super especial", é uma cerveja para o dia a dia, para o churrasco de fim de semana, ou para beber com os amigos. Pela boa relação preço X qualidade,  eu recomendo essa cerveja.

 

Apesar de não achar nada de especial, gosto das cervejas do estilo Dunkel, são daquelas que é possível tomar várias. A cerveja de hoje é a Therezópolis Ebenholz, uma boa representante do estilo Dunkel.

Descrição da cerveja


"Cerveja aromática, com sabor bem maltado e notas de torrefação equilibradas pelo frescor do lúpulo. É uma cerveja Dunkel elaborada no tradicional estilo Münchner. Leva em sua receita quatro tipos nobres de maltes, lúpulo e a cristalina água mineral das montanhas".

Fabricante: Cervejaria Sankt Gallen
Estilo: Munich Dunkel
Ingredientes: Água, malte, lúpulo e levedura
Temperatura Ideal: 4 °C
Álcool (%): 5,5%
Tamanho: 600 ml
IBU: 16 (Amargor)
Copo Ideal: Lager

"Embora encorpada e com paladar intenso, esta cerveja de baixa fermentação é bem eclética e harmoniza com os sabores das carnes vermelhas, caças, aves bem temperadas, carnes suínas, gulasch, queijos fundidos, massas e risotos a base de funghi e cogumelos.".

Degustação da Therezópolis Ebenholz

A Sankt Gallen sempre faz cervejas de excelente qualidade, e a Ebenholz (ébano em alemão) não fez feio. Toda degustação inicia na parte visual, e é muito bom ver uma cerveja escura, com uma linda espuma marrom, pena que essa cerveja deixe à desejar no aroma. O sabor é bem simples, um pouco de amargor com um dulçor ,com gosto próximo ao caramelo. Possui uma excelente refrescância, ou seja, do tipo que dá para tomar várias. Gostei, é uma boa cerveja. Recomendo.

1

Já está ficando difícil escolher uma cerveja de um tipo diferente, não por falta de opções, mas pelo excesso delas. Meu estoque pessoal está grande e variado: Imperial Stout, IPA, Red Ale, Porter e Witbier, isso porque, por enquanto, não pensei em repetir um estilo de cerveja. Essa semana, resolvi provar uma cerveja Bock.

Descrição da Cerveja

"Cerveja de baixa fermentação e maturação prolongada, corpo denso e creme persistente, seu aroma traz notas de ameixa preta, café e toffee. No entanto, no retrogosto o amargor do lúpulo equilibra o dulçor do malte".

"É uma autêntica Bock, de cor vermelho intenso, composta por maltes tostados do tipo Munich e Carared, equilibrados pelo leve amargor do lúpulo e pela leveza da água mineral das montanhas".

Fabricante: Cervejaria Sankt Gallen
Estilo: Tradicional Bock
Ingredientes:
 Água, malte, lúpulo e açúcar mascavo
Temperatura Ideal: 5 ºC
Álcool (%): 6,5%
Tamanho: 600 ml
IBU: 20 (Amargor)
Copo ideal: Lager

"Sua densidade pede os sabores das carnes de carneiro, coelho ou avestruz, massas com molho semi-picantes, peixes como hadoque ou salmão, hummus tahine, pretzel, mas também é perfeita para a degustação de nozes".

Degustação da Therezópolis Rubine



"Muito gostosa! Até que enfim.", foi assim que Dona Encrenca definiu essa cerveja. Quero dizer, foi assim que meu amor definiu essa cerveja.
Vou ser sincero, com uma cerveja dessa, até eu faço jejum de 40 dias (meta para a próxima Quaresma). Amargor e dulçor na medida certa. Harmonizei a cerveja com uma tábua de queijos maturados.
O que melhor definiria essa cerveja é: um conhaque com mel, com menos álcool e com mais sabor.
Essa com certeza é uma cerveja que você tem que provar. Mais que recomendo.

1

Viajar sempre é bom, mas viajar e ainda ter a oportunidade de apreciar uma boa cerveja é melhor ainda. Sexta-feira fiz uma viagem para a cidade de Petrópolis - RJ, que além possuir excelentes cartões postais, essa linda cidade possui algumas cervejarias. Optei por degustar a cerveja do tipo Helles da cervejaria Cidade Imperial.

Descrição da Cerveja

"A Cidade Imperial Helles é uma cerveja diferente. Elaborada de acordo com a famosa Lei de Pureza Alemã (Reinheitsgebot) – produzida com ingredientes selecionados e a mais pura água de Petrópolis para proporcionar sabor e aroma exclusivos. Cor âmbar, levemente turva e espuma densa. Perfeita para ser degustada nas estações mais frias do ano”.

Fabricante: Cervejaria Cidade Imperial
Estilo: Munich Helles
Ingredientes: Água, Malte, Lúpulo e Fermento
Temperatura Ideal: 5 - 7 ºC
Álcool (%): 6%
Tamanho: 355 ml
Copo ideal: Lager, Pilsener, Caneca

Degustação da Cidade Imperial Helles


Confesso que não conhecia o estilo Munich Helles, e que fiquei ansioso para iniciar à degustação. Foi uma boa surpresa: A aparência era de uma cerveja dourada escura, quase marrom, espuma branca, clara e de curta duração. Senti um aroma de cereal, pão e um leve aroma de café. No paladar, pouco amargor, uma leve acidez e um pouco de dulçor. Tive a sensação de um teor alcoólico um pouco maior que os 6% indicados.
Para mim, degustar essa cerveja foi uma experiência única. Mais do que recomenda.

Como já havia falado no post anterior,  Você conhece a cerveja Pilsen?, as cervejas que são fabricadas pelas grandes cervejarias brasileiras, não são cervejas do tipo Pilsen, são na verdade American Lager.
Dessa vez, degustei uma cerveja que o próprio fabricante classificou como Lager. A cerveja da semana, mais uma vez, possui um rótulo produzido pela parceria entre a Mr. Beer e uma cervejaria.

Descrição da Cerveja

"Wild Single Hop é uma cerveja de baixa fermentação, com doses excedentes do lúpulo Liberty o que dá um toque selvagem de amargor".

Fabricante: Cervejaria Burgman
Estilo: Premium American Lager
Ingredientes: Água, Malte, Lúpulo e Fermento
Temperatura Ideal: 2 - 7 ºC
Álcool (%): 4,5%
Tamanho: 600 ml

IBU: 20 (Amargor)
Copo ideal: Lager
"Vai bem com peixes, frutos do mar, porções em geral e churrasco".
Degustação da Wild Single Hop

É inegável que a Wild Single Hop é uma boa cerveja, que possui um bom aroma, um dourado perfeito e convidativo, e apesar de seu amargor, o gosto é muito agradável.
Apesar da experiência de degustação positiva, não vou recomendar essa cerveja por um único fator: o custo-benefício. Atualmente, o mercado nacional produz outras cervejas que proporcionam experiência semelhante, e em alguns casos, até melhores, a um preço mais convidativo.

2


Breaking Bad é uma serie da televisão americana, que tem como personagem principal Walter White, um professor de química diagnosticado com câncer terminal de pulmão, que passa a produzir  metanfetamina para garantir o futuro financeiro de sua família… O que a descrição de uma serie tem haver com um blog sobre cerveja?

Uma parceria entre a Fox-Sony Pictures e MR. Beer deu origem a uma serie limitada da cerveja Pilsen, em homenagem ao personagem principal da serie Walter White, a MR. Beer W.W.

Descrição da Cerveja



“W.W. é uma cerveja puro malte, sem adjuntos cervejeiros. Vai bem com sushi, peixes e petiscos em geral”.

Fabricante: Cervejaria Dortmund
Estilo: German Pilsener
Ingredientes: Água, Malte, Lúpulo e Fermento
Temperatura Ideal: 2 - 4 ºC
Álcool (%): 4,5%
Tamanho: 600 ml
Copo ideal: Pilsener

 Degustação da Mr. Beer W.W. 



Sempre bebi as cervejas que as nossas cervejarias classificam como Pilsen, inclusive, confesso que gosto de várias. Por isso mesmo, estava ansioso para provar uma verdadeira Pilsen.

Não possuo o copo Pilsener (em outro post pretendo falar sobre as dificuldades em adquirir copos adequados $$), então estou usando o copo que a Boemia afirma ser adequado para esse tipo de cerveja. Apesar de mais amarga do que as cervejas que estou acostumado, fiquei surpreso com o excelente sabor. Também gostei do aroma e da formação de espuma. Em relação à aparência encontrei dois pontos negativos: a cerveja estava mais escura do que determinado para uma German Pilsen (usei como referência a paleta de cores do BJCP) e existiam indesejáveis resíduos sólidos dispersos no líquido.
Gostei da cerveja, beberia umas 5 dela em sequência (que ideia idiota de beber apenas uma por semana), mas confesso que esperava um pouco mais de amargor.