Saltar para o conteúdo

10C. Weizenbock

Impressão Geral: Uma ale com base em trigo forte, maltada e frutada, combinando os melhores sabores do malte e fermento em uma Weissbier (clara ou escura) com um rico sabor maltado, intenso, com o corpo de uma Dunkles Bock ou Doppelbock.

Aroma: Médio-alto a alto caráter ricamente maltado composto significativamente, por notas de pão e grãos de trigo. As versões mais claras podem ter uma riqueza maltada de pão e tostado, enquanto as versões mais escuras têm uma riqueza maltada mais profunda, com uma presença significativa de produtos de Maillard. Os componentes do malte são semelhantes a uma Helles Bock em versões claras (grãos, dulçor rico, com leve tostado) ou um Dunkles Bock para versões mais escuras (pão, riqueza de maltado, altamente tostada, caramelo opcional). A levedura contribui para o caráter típico de uma Weizen, com banana e especiarias (cravo, baunilha), que pode ser médio-baixo a médio-alto. As versões mais escuras podem ter aromas de frutas escuras (ameixas, uvas, passas). Uma baixa a moderada nota de álcool é aceitável, mas não deve ser quente nem com caráter de solvente. Sem aroma de lúpulo. O Malte, a levedura e o álcool aumentam a complexidade, e destaca um atraente buquê.

Aparência: Existem versões claras e escuras, com versões claras sendo ligeiramente dourada a ligeiramente âmbar claro e as versões escuras sendo âmbar escuro ou marrom-rubi escuro. É característica uma espuma branca a bege-claro muito espessa, cremosa e de longa duração (versões claras) ou de tom abronzeado (versões escuras). O alto teor de proteína do trigo reduz a limpidez neste estilo tradicionalmente não filtrado. Sedimentos suspensos da levedura podem contribuir turbidez.

Sabor: Semelhante ao aroma, com rico maltado médio-alto a alto e com sabores de pão, de trigo e grãos, bem significativos. As versões claras terão riqueza de malte a destacar notas de pão, tostado e grãos doces, enquanto as versões escuras têm sabores de maltes profundos, mais ricos em pão ou tostado com uma quantidade significativa de produtos de Maillard, e opcionalmente, caramelo. Baixo a moderado caráter de levedura de banana e especiarias (cravo e baunilha). As versões mais escuras podem ter sabores de frutas escuras (ameixas, uvas, passas), especialmente à medida que envelhecem. Um leve caráter de chocolate (mas não torrado) é opcional nas versões mais escuras. Sem sabor de lúpulo. Um leve amargor de lúpulo pode dar uma impressão ligeiramente doce no palato, mas nestas cervejas é típico um final seco (geralmente aumentado por um leve caráter de álcool). A interação de malte, fermento e álcool aumenta a complexidade e intensidade, o que intensifica muitas vezes com o envelhecimento.

Sensação de Boca: Corpo médio-alto a elevado. A textura espessa ou cremosa é típica, com um leve aquecimento fornecido pelo teor substancial de álcool. Moderada a alta carbonatação.

Comentários: A Weissbier elaborada com a intensidade de uma Bock ou uma Doppelbock. Schneider também produz uma versão Eisbock. Há versões claras e escuras, embora as escuras são mais comuns. As versões claras têm menos riqueza e complexidade do malte e geralmente mais lúpulo, como nas Doppelbock. Produtos de Maillard levemente oxidados podem produzir sabores ricos e aromas intensos geralmente percebidos em produtos comerciais envelhecidos. As versões mais frescas não terão esse caráter. As versões bem envelhecidas também podem ter uma ligeira complexidade como de Jerez (Sherry).

História: Aventinus, a Doppelbock de trigo de fermentação alta mais antiga do mundo, foi criada em 1907 na Schneider Weisse Brauhaus, em Munique.

Ingredientes Característicos: É usada uma percentagem elevada de trigo maltado (de acordo com a tradição cervejeira alemã, pelo menos 50%, embora possa conter até 70%), e o restante é de malte de cevada do tipo Munich e/ou Vienna nas versões escuras, e malte Pils em versões mais claras. Alguns maltes de cor podem ser usados com moderação. A maceração por decocção é tradicional pode dar um corpo apropriado, sem dulçor enjoativo. As leveduras Weizen ale produzem os típicos caráteres de especiarias e frutas. A fermentação muito quente ou muito fria pode causar desequilíbrio entre os fenóis e ésteres, além de poder criar off- flavours. A escolha do lúpulo é essencialmente irrelevante, mas as variedades alemãs são tradicionais.

Comparação de Estilos: Mais forte e mais rica do que um Weissbier ou Dunkles Weissbier, mas com um similar caráter de levedura. Diretamente comparável com o estilo Doppelbock em versões claras e escuras. A intensidade pode variar amplamente, mas a maioria está nos níveis de Bock e Doppelbock. Instruções de Entrada: O participante deve especificar se a amostra de entrada é uma versão clara ou escuro.

Estatísticas Vitais:

OG: 1064-1090
FG: 1015-1022
IBU: 15-30
SRM: 6-25
ABV: 6,5-9,0%

Exemplos Comerciais:

Escuras – Eisenbahn Weizenbock, Plank Bavarian Dunkler Weizenbock, Penn Weizenbock, Schneider Unser Aventinus;

Claras – Plank Bavarian Heller Weizenbock, Weihenstephaner Vitus.

 

Retornar à German Wheat Beer

 

%d bloggers like this: