Saltar para o conteúdo

5C. German Helles Exportbier

Impressão Geral: Uma lager alemã clara, bem equilibrada, que é ligeiramente mais forte do que a média das cervejas em geral, com um corpo moderado e caráter aromático caráter médio de lúpulos e malte.

Aroma: Baixo a médio aroma de lúpulo, normalmente de caráter floral, condimentado ou herbal. Aroma de malte moderado granulado doce. Perfil da fermentação limpo. Uma nota sulfurosa inicial bem baixa, que logo desaparece, não é um defeito, assim como não é uma nota baixa de fundo, de DMS.

Aparência: Dourado suave a profundo. Límpida e com espuma branca persistente.

Sabor: Não devem dominar nem o granulado doce do malte nem o lúpulo floral, condimentado ou herbal, mas ambos estão em bom equilíbrio com um toque maltado doce, proporcionando uma cerveja suave, todavia espumante e refrescante. O equilíbrio continua até o fim e o amargor de lúpulo permanece no retrogosto (embora alguns exemplos podem terminar ligeiramente doce). Caráter de fermentação limpo. Alguns carácter mineral poderia vir a partir da água, embora geralmente ela não transfere um sabor mineral destacado.

Sensação de Boca: Corpo médio, carbonatação média. Suave, mas brilhante.

Comentários: Algumas vezes conhecida como Dortmunder ou Dortmunder Export. Elaborada com uma densidade inicial um pouco maior do que outros lagers, proporcionando um corpo maltado firme e uma subjacente maltosidade para complementar o amargor do lúpulo acentuado pelos sulfatos. O termo "Export" é um descritor de intensidade, na tradição cervejeira alemã e não é estritamente sinônimo de estilo "Dortmunder". Cervejas de outras cidades ou regiões podem ser preparadas com intensidade de exportação e ser rotulados como tal (embora não necessariamente exportar).

História: O estilo Dortmunder foi desenvolvido na região industrial de Dortmund em 1870, em resposta às cervejas Pilsner claras, e se tornou muito popular após a Segunda Guerra Mundial, mas com declínio na década de 1970. Outras cervejas da classe Export foram desenvolvidas de forma independente e refletem uma versão ligeiramente mais fortes das cervejas existentes. O estilo alemão moderno tipicamente apresenta densidade entre 12-13 ° P.

Ingredientes Característicos: Água mineralizada com altos níveis de sulfatos, carbonatos e cloretos, lúpulos nobres alemães ou thecos, malte Pilsner, levedura lager alemã. As versões comerciais mais novas podem conter adjuntos e extratos de lúpulo.

Comparação de Estilo: Menos lúpulos de finalização e mais corpo que una Pils mas mais amarga que una Helles.

Estatísticas Vitais:

OG: 1.048 – 1.056
FG: 1.010 – 1.015
IBUs: 20 – 30
SRM: 4 – 7
ABV: 4.8 – 6.0%

Exemplos Comerciais: DAB Original, Dortmunder Kronen, Dortmunder Union Export, Flensburger Gold, Gordon Biersch Golden Export, Great Lakes Dortmunder Gold.

 

Retornar à Pale Bitter European Beer

 

%d bloggers like this: