Saltar para o conteúdo

5D. German Pils

Impressão Geral: Uma cerveja alemã amarga, de corpo leve, altamente atenuada, de cor dourada e fermentação baixa, que exibe uma excelente retenção de espuma e aroma lupulado floral elegante. Espumante, limpa e refrescante, uma German Pils apresenta a mais fina qualidade do malte e dos lúpulos alemães.

Aroma: Caráter rico de malte granuladodoce, médio-baixo a baixo (muitas vezes com um leve caráter de mel e característica de biscoito levemente tostado), e lúpulo destacado, com notas condimentadas, herbais ou florais. Perfil de fermentação limpo. Ela pode, opcionalmente, ter uma leve nota sulfurosa que provém tanto da água como da levedura. O lúpulo é moderadamente baixo a moderadamente alto, mas não devem abafar totalmente a presença de malte. Os exemplares unidimensionais são inferiores às mais complexas qualidades quando são detectados todos os ingredientes. Pode ter uma nota de fundo muito baixa de DMS.

Aparência: Palha a dourado claro, brilhante e cristalina a muito límpida, com uma espuma branca cremosa de longa duração.

Sabor: Amargor de lúpulo de médio a alto dominando o paladar e perdurando no retrogosto. Moderado a moderadamente baixo caráter granulado doce de malte sustenta o amargor de lúpulo. Sabor de lúpulo baixo a alto, podendo ser floral, condimentado ou herbal. Perfil de fermentação limpo. Final seco a meio-seco, crisp, bem atenuado, com um retrogosto amargo e com leve sabor de malte. Os exemplares feitos com água contendo níveis elevados de sulfato muitas vezes têm um baixo sabor de enxofre que acentua a secura e alonga o final; isso é aceitável, mas não é obrigatório. Algumas versões têm um final suave, com mais sabor de malte, mas ainda com sabor e amargor evidente, tendendo o equilíbrio para o amargor.

Sensação de Boca: Corpo médio-baixo. Carbonatação média a alta.

Comentários: Os exemplares modernos de Pils tendem a ser mais claros na cor, mais secos no final e mais amargos à medida que a localização das cervejarias se desloca do Sul para o Norte da Alemanha, muitas vezes refletindo o aumento da concentração de sulfatos na água. As German Pils encontradas na Baviera tendem a ser um pouco mais suaves em amargor, com mais sabor de malte e lúpulo de finalização no caráter, e ainda assim com bastante lúpulo no acabamento para se diferenciar de uma Helles. O uso do termo "Pils" é mais comum na Alemanha que "Pilsner" para diferenciar do estilo tcheco e - alguns dizem- para mostrar respeito.

História: Adaptado da Pilsner tcheca para se adequar às condições de processamento alemãos, especialmente água com alto teor de minerais e variedades nacionais de lúpulo. Originalmente elaborada na Alemanha no início de 1870. Tornou-se popular após a Segunda Guerra Mundial, quando as escolas cervejeiras alemãs colocaram ênfase em técnicas modernas. Junto com sua cerveja irmã, a Czech Pilsner, são os ancestrais da maioria dos estilos de cerveja que mais são produzidos na atualidade. A média de IBUs de muitos exemplos comerciais notáveis diminuiu ao longo do tempo.

Ingredientes Característicos: Malte Pilsner continental, lúpulos de varietais alemães (especialmente varietais Saaz como Tettnanger, Hallertauer e Spalt de sabor e aroma; Saaz é menos comum), levedura lager alemã.

Comparação de Estilos: Mais leve em corpo e cor, mais seca, mais transparente e mais completamente atenuada, com mais de um amargor persistente e com maior carbonatação do que uma Czech Premium Pale Lager. Mais caráter de lúpulo, sabor de malte e amargor que as International Pale Lagers. Mais caráter de lúpulo e amargor, com um final mais seco e mais intenso do que uma Munich Helles; as Helles tem mais sabor de malte, mas do mesmo caráter que a Pils.

Estatísticas Vitais:

OG: 1.044 – 1.050
FG: 1.008 – 1.013
IBUs: 22 – 40
SRM: 2 – 5
ABV: 4.4 – 5.2%

Exemplos Comerciais: König Pilsener, Left Hand Polestar Pils, Paulaner Premium Pils, Schönramer Pils, Stoudt Pils, Tröegs Sunshine Pils, Trumer Pils.

 

Retornar à Pale Bitter European Beer

 

%d bloggers like this: