Saltar para o conteúdo

Kellerbier: Amber Kellerbier

Uma cerveja sazonal, de verão, muito comum, elaborada por muitas das cervejarias na região de Munique e servida nos biergartens, onde são muito populares.

Impressão Geral: Uma Helles jovem, bem fresca, mas ainda maltada, exibindo uma atenuação completa dos maltes Pils. O caráter de lúpulo (aroma, sabor e amargor) é mais pronunciado e a cerveja é turva, a maioria com um certo nível de diacetil, e possivelmente algumas notas de maçã verde e/ou outros derivados de notas de levedura. Tal como acontece com as tradicionais Helles, a versão Keller é também uma cerveja destinado a ser bebida por litro e, geralmente, deve seguir as características de uma Golden lager dourada, refrescante e fácil de beber.

Aroma: Moderadamente baixo a moderadamente alto aroma de lúpulo condimentado, floral ou herbal. Diacetil muito baixo a moderado, possivelmente é possível perceber notas sutis de maçã verde e outros derivados de levedura. Dulçor agradável para grãos, aroma de malte limpo, com uma possível baixa nota, ao fundo, de DMS.

Aparência: Ligeira a moderada turbidez, mas nunca muito turva ou com aspecto leitoso. Cor amarelo médio a dourado claro. Espuma branca, cremosa com boa persistência. Quando é servida a partir barril pode ter uma carbonatação baixa e muito baixa espuma.

Sabor: Moderadamente maltado, com perfil arredondado, granulado doce. Sabor de lúpulo pouco a moderadamente alto, condimentado, floral ou herbal, com um amargor moderado, que pode persistir. O final é fresco e seco, mas o retrogosto permanece maltado. Muito baixo a moderado diacetil, que deve sempre permanecer em um nível agradável, que não comprometa a drinkability, balanceado com outras características de cerveja; um diacetil pungente não é apropriado. Possivelmente podem estar presentes muitas baixas notas de maçã verde ou outras características derivadas da levedura, e no fundo uma nota muito baixa de DMS.

Sensação de Boca: Corpo médio. Baixa a média carbonatação. Dependendo do nível de levedura em suspensão, esta pode ajudar a criar uma textura ligeiramente cremosa. Uma leve sensação de peso na língua pode estar presente devido ao diacetil.

Comentários: As Kellerbiers mais claras são versões jovens, não filtrada e não pasteurizada de cerveja Munich Helles, mas poderia ser utilizar uma Pils ou uma Golden Lager readequada e especificamente concebida para servir bem novas (frescas). Os melhores exemplos estão disponíveis apenas na torneira (on tap) em muitas das cervejarias na região de Munique. Versões engarrafadas não conseguem apresentar as qualidades de frescor, originados do perfil dos lúpulos e das notas de cerveja nova que se apresentam nas versões de barril.

História: A adaptação moderna do estilo tradicional de Francônia, utilizando Helles em vez de usar Märzen. Hoje em dia é uma cerveja popular, da estação do verão.

Ingredientes característicos: Maltes Pilsner, lúpulos alemães, levedura lager alemã, como que igual a uma Munich Helles.

Comparação de Estilos: Geralmente, uma versão jovem, não filtrada e não pasteurizada de Munich Helles, embora possa ser uma versão mais jovem, não filtrada e não pasteurizados de outras lagers claras alemãs, como Pilsner ou uma Golden Lager sazonal elaborada especificamente para ser servida nova.

Estatísticas Vitais:

OG: 1.045 – 1.051
FG: 1.008 – 1.012
IBUs: 20 – 35
SRM: 3 –7
ABV: 4.7 – 5.4%

Exemplos Comerciais: (local) Paulaner, Paulaner Brauhaus, Hofbrau, Tegernseer Tal. (embotellada) Ayinger Kellerbier, Hacker-Pschorr Munchner Kellerbier Anno 1417, Hofbrau Munchner Sommer Naturtrub, Wolnzacher Hell Naturtrüb.

 

Retornar para Kellerbier

 

%d bloggers like this: