Saltar para o conteúdo

No século XVIII, em pleno período de colonização, oficiais do exercito inglês que residiam na Índia, sofriam com o calor e com a falta de água potável de qualidade. Nada como uma boa cerveja para resolver esses dois problemas.
A ideia inicial, de exportar as cervejas inglesas para Índia, não deu muito certo,  pois a viagem era longa e as cervejas sempre estragavam. Para contornar o problema, o cervejeiro George Hodgson, adicionou mais lúpulo, que é um bacteriostático natural (impede a reprodução de colônias de bactérias), para  dar uma maior durabilidade à cerveja.
Diz a lenda, que um dos navios carregados com  cervejas IPA
quebrou no porto de Londres, a carga foi vendida às pressas, e os compradores quiseram saber mais sobre esse novo estilo de cerveja. Surgia ali um dos estilos de cervejas mais apreciados do mundo: as Indian Pale Ale ou IPA.

Características das cervejas IPA


Já que possuem uma dose elevada de lúpulo, as cervejas do estilo IPA possuem aromas cítricos e florais, um amargor mais acentuado. Existem 3 estilos para as cervejas IPA.

English IPA - estilo Indian Pale Ale original, aroma característico do lúpulo, amargor intenso porem equilibrado, final seco. Exemplos: Fuller's IPA, Meantime IPA e Brooklyn East IPA.

American IPA - produzidas com ingredientes nativos dos EUA, é uma cerveja mais amarga do que a versão inglesa e possuí um maior aroma cítrico e floral (característico do lúpulo americano). Exemplos: Stone IPA, Colorado Indica.

Imperial IPA - Estilo criado recentemente nos EUA para agradar os amantes das cervejas mais amargas. É uma cerveja clara e complexa. Possui mais amargor do que as outras versões. Exemplos: Perigosa Imperial IPA e Colorado Vixnu.

2

Quaresma é o período de 40 dias que antecede a páscoa cristã. Um período de reflexão, orações e de atitudes que aproximam ainda mais de Jesus Cristo. Na Quaresma é comum o Jejum, e os monges Alemães levam o Jejum muito a sério, nada de pão, nada de salada ou de qualquer alimento sólido. O que eles fazem para sobreviver tanto tempo? Um dieta regada a cerveja Bock.

Desenvolvida na cidade de Einbeck, com um estilo específico de malte, escuro, de alto teor alcoólico para ajudar a sustentá-los durante períodos intensos de jejum. Esta cerveja ficou conhecida como Bock, uma derivação do nome Einbeck, que significa bode. Mais tarde, descontentes com a força do estilo Bock de cerveja, os monges desenvolveram uma variante ainda mais forte conhecida como Doppelbock, ou seja, o dobro da Bock. Esta cerveja foi tão carregada de nutrição que alguns apelidaram de “pão líquido”.

Por ser tão deliciosa os monges começaram a se perguntar se essas cervejas não eram contrárias ao espírito de penitência quaresmal. Sendo fiéis à Igreja, decidiram consultar o papa. Na viagem à Roma, a cerveja foi submetida a condições meteorológicas extremas, fazendo-a estragar e azedar. Quando o papa provou, ele estava tão chocado com a cerveja estragada que ele considerou imediatamente uma excelente penitência quaresmal.

Características das cervejas Bock

As cervejas Bock são mais fortes que outras Lager, mais alcoólicas, com maior presença de malte e mais escuras podendo chegar ao castanho. Existem quatro subtipos de cervejas Bock:
Maibock/ Helles Bock - um dos subtipos mais novos, são produzidas na primavera europeia, para serem bebidas em maio. São consideras uma versão mais clara das cervejas Bock e sua graduação alcoólica vai de 6,3 à 7,4%. Um exemplo desse tipo é a brasileira Baden Baden Bock.
Tradicional Bock - forte, de baixa fermentação, com acentuado sabor de malte, tem menos lúpulo em relação a outras Bock, tem aroma de malte e quase nenhum aroma de lúpulo. Ter alcoólico entre 6,3 e 7,2%. Exemplos: Kaiser Bock, Petra Bock e Therezópolis Rubine.
DoppelBock - doppel, em alemão, significa dobro. Essa bebida tem teor alcoólico que varia entre 7,0 e 10,0%. Essa cerveja normalmente é consumida em estações frias, como um conhaque. Não conheço nenhum exemplo brasileiro dessa cerveja, mas algumas importadas como: Paulaner Salvator, Capital Autumnal Fire.
Eisbock - Diz a lenda, que um cervejeiro esqueceu barris de DoppelBock e que parte do líquido congelou, o que sobrou foi uma cerveja bem mais alcoólica, mas de gosto agradável. Esse tipo de cerveja foi batizado de Eisbock. Sua graduação alcoólica vai de 9,0 à 14%. 

Vou iniciar o post com a seguinte afirmação: Nenhuma cerveja, das grandes cervejarias brasileiras, é do tipo Pilsen. Não sei dizer o motivo, mas aquela maravilhosa cervejinha, com o nome Pilsen escrito na garrafa, nunca foi uma cerveja do tipo Pilsen.

O tipo Pilsen foi criado pela primeira vez na cidade de Pils, localizada na província da Boêmia, da atual Republica Tcheca. Em 1842, as cervejas eram em sua maioria escuras e turvas, mas os produtores buscavam uma cerveja mais límpida para serem servidas nos novíssimos cristais da região da Boêmia.


Características das cervejas Pilsen


As cervejas do tipo Pilsen são as mais consumidas no mundo e possuem como principais características: Coloração dourada clara, cristalina, espuma branca cremosa e duradoura, baixo teor alcoólico entre 3% - 6% e amargor entre 25 - 45 IBUs (para se ter uma idéia, o amargor da Heineken brasileira é de 17 IBUs).


Degustando sua Pilsen 


Nós, brasileiros, costumamos dizer que qualquer copo serve, mas assim como as outras cervejas, a cerveja Pilsen também possui um copo apropriado: O copo Pilsener.
Muitas cervejarias produzem copos especiais para suas cervejas Pilsen, as tradicionais taças, que não influenciam no sabor.

Servir a cerveja Pilsen é bastante facil:

1. Enxágüe seu copo ou taça de preferência com água;
2. Com o copo inclinado, sirva lentamente a cerveja;
3. Quando estiver na metade do copo, vá levantando a cerveja lentamente para formar um pouco de espuma. O ideal é um colarinho de dois dedos;

1

Apesar de não ser o único tipo de cerveja de trigo existente, caso você vá a uma loja especializada em cerveja e pedir uma cerveja de trigo, provavelmente vai receber uma cerveja do tipo Weizenbier.
Produzida com maltes de trigo, maltes de cevada, lúpulo, levedura e água, a Weizenbier é o tipo de cerveja mais consumida no sul da Alemanha, nos estados da Baviera e Baden-Württemberg. Esse tipo de cerveja também é bastante consumido em outros países, como Estados Unidos, Bélgica, Áustria e vem ganhado cada vez mais espaço no Brasil.


Características das cervejas Weizenbier

Suas principais características são a generosa quantidade de espuma e os resíduos de fermento remanescentes no fundo da garrafa, fato que acontece por não existir um processo de filtração. Além disso, são cervejas bastante turvas e carregam aromas e sabores frutados, como cravo e banana. Com pouco amargor e bastante refrescantes, são ideais para o verão. Algumas pessoas relatam que, apesar de refrescantes, as cervejas do tipo Weizenbier são "mais pesadas” e quando ingeridas proporcionam uma sensação de saciedade, impressão semelhante à de quando se come um pão.

As cervejas do tipo Weizenbier são também conhecidas como Hefeweizen, Weissbier e Hefeweissbier. Cada um desses nomes fala um pouco sobre as características da cerveja.

Weizen - Significa trigo. Malte de trigo era o ingrediente principal das cervejas Weizenbier;
Weiss - Significa branco. As cervejas de cevada, da época, eram mais escuras por conta das técnicas que eram utilizadas em sua produção. Dessa forma, as cervejas de trigo eram consideras cervejas brancas ou Weizenbier.
Hefe - Significa levedura. Com o tempo, as leveduras passaram a ser utilizadas como o fermento das cervejas Weizen.

Degustando uma Weizenbier
Como ainda sou inexperiente na arte de degustação de cervejas, sempre procuro ler um pouco, sobre o copo ideal, a temperatura e a tomar de servir.
A forma ideal de servir uma Weizenbier é:

1. Enxágüe o copo weizenbier com água;
2. Com o copo inclinado, sirva lentamente a cerveja, deixando dois dedos do líquido ainda na garrafa;
3. Agite a garrafa para misturar a levedura depositada no fundo;
4. Sirva o restante, formando uma coroa de espuma. A levedura ficará uniformemente dissolvida na cerveja, dando sua típica aparência turva;

A weizenbier acompanha pratos leves como sushi, sashimi e saladas.

Exemplos comerciais


Paulaner Hefe-Weizen, Erdinger Weizenbier, Franziskaner Hefe-Weisse, Erdinger Champ

Cervejas brasileiras


Colombina Weiss, Bohemia Weiss, Baden Baden Weiss, Bamberg Weizen